vamos supor

A ideia é inundar o facebook com suposições. vamos supor que elas fazem o que consideramos errado mesmo sem ter certeza. vamos supor que elas não estão do mesmo lado que o nosso por não concordar conosco. vamos supor que elas façam o que a gente mais despreza em outras mulheres. vamos supor que elas não merecem nosso companheirismo, que não merecem nossa atenção para conhecer o que elas fazem sem suposições. vamos supor que elas são nossas inimigas por discordarem de nós. vamos supor tudo sobre elas e acreditar só nas suposições dos outros. vamos supor que as colegas não estão propondo novas coisas por necessidade pessoal, pra buscar viver com dignidade em um mundo com humilhações de sobra. vamos supor que as colegas só querem holofote. vamos supor que o ativismo das colegas não prestam, mesmo sem considerar o que é importante pra elas. a ideia é inundar o facebook com risos, chacotas e ataques. vamos rir e apontar o dedo e espalhar inverdades contra aquelas que julgamos erradas, com base em suposições. vamos criticar a iniciativa das colegas sem conhecer as propostas. vamos criticar pessoas mas fingir que criticamos ideias. vamos humilhar as colegas por uma suposição. vamos humilhar as colegas sem considerar descobrir se as suposições são verdades. vamos chamar as colegas por rótulos e nomes de posições políticas sem ter certeza. vamos ouvir as pessoas que sequer as conhecem, falando sobre elas. vamos acreditar em tudo o que nos convém. vamos ignorar outros pensamentos, outras ideias, outras vontades. vamos ignorar outras vivências, vamos rechaçar as que não fecham com a gente. vamos gargalhar sobre elas enquanto espalhamos mais suposições. vamos conversar sobre elas e desconsiderar qualquer colocação contrária ao que fazemos. vamos tomar nossa água no ápice do calor enquanto digitamos risos virtuais. vamos dormir tranquilas enquanto as colegas passam a noite acordadas e mudas, silenciadas e exaustas. a ideia é inundar o facebook com nosso próprio mundinho, com nossos olhos vendados, com vendas que são filtros, com nossos olhares de aprovação programados. vamos inundar o facebook. vamos afogar outras mulheres. aquelas, que por motivos particulares, não se enquadram na nossa time-line. vamos supor, rir, inundar, afogar.